Conferência Internacional sobre Soberania Financeira começa dia 23, em São Paulo

Encontro reúne organizações, ativistas, academia e comunidades afetadas na América Latina e no Caribe, debatendo alternativas de soberania, bem viver e defesa dos corpos e territórios

Por Redação – Jubileu Sul Brasil

Estão abertas as inscrições para a Conferência Internacional “Soberania Financeira: Dívida, Exploração e Resistências”, que se realiza no centro da cidade de São Paulo, nos dias 23, 24 e 25 de outubro (segunda a quarta-feira). Participe e faça inscrição preenchendo o formulário.

O objetivo central do encontro é promover um espaço compartilhado entre organizações, ativistas, academia e comunidades afetadas na América Latina e no Caribe para produzir conhecimento crítico sobre as formas e consequências do endividamento e da financeirização, além de debater a construção de alternativas para soberania, bem viver e defesa dos corpos e territórios. Também visa somar aliados, estratégias e iniciativas que confrontem o modelo produtivo atual, além de exigência de reparação integral da dívida histórica, social e ecológica.

O encontro internacional visa ainda debater o problema da financeirização-extrativismo e seus impactos sobre os corpos, territórios e a natureza; as experiências frente à exploração extrativista, aos megaprojetos e à privatização de bens comuns e públicos. 

A soberania é o tema central da conferência inaugural, em 23 de outubro. No dia seguinte, a programação segue com reflexões e debates em grupo para contextualizar as diferentes realidades enfrentadas nos países da região. Fechando a programação, o foco do terceiro e último dia é definir pautas comuns, estratégias, alternativas e diretrizes coletivas de atuação (confira a programação detalhada no final do texto).

A Conferência Internacional “Soberania Financeira: Dívida, Exploração e Resistências” é realizada por três entidades:

  • Jubileu Sul/Américas (JS/A), uma rede ampla e plural de movimentos sociais, organizações populares, ecumênicas, de mulheres e de direitos humanos, que atua na América Latina e Caribe, unidos numa mobilização global contra a dominação causada pelo sistema de dívidas – por exemplo, dívidas contraídas com bancos privados, Instituições Financeiras Internacionais (IFIs) e organizações multilaterais, como o Banco Mundial (BM) e o Fundo Monetário Internacional Fundo (FMI);
  • Comitê para a Anulação da Dívida do Terceiro Mundo (CADTM-AYNA): rede internacional composta por membros de comitês locais baseados na Europa, América Latina e Ásia, que tem trabalho principal, a partir do problema da dívida, a realização e desenvolvimento de alternativas radicais para alcançar a satisfação universal das necessidades, liberdades e direitos humanos fundamentais;
  • Conselho de Educação Popular da América Latina e do Caribe (CEAAL): movimento de educação popular que, como rede, atua e acompanha processos de transformação educacional, social, política, cultural e econômica das sociedades latinoamericana e caribenha, nos cenários local, nacional e regional, a partir da perspectiva dos direitos humanos, da equidade de gênero, da interculturalidade crítica e de uma opção ética, pedagógica e política emancipatória. 

A Rede Jubileu Sul Brasil (JSB), organização membro da Rede JS/A, é a anfitriã da conferência na capital paulista.

Programação

23 de outubro (segunda-feira)
14h-15h: Credenciamento
15h-15h30: Mística de abertura – Altar de resistência dos povos
15h30-18h: Plenária inaugural: Os desafios da soberania financeira na América Latina e no Caribe hoje
Painelistas: Martha Flores (Secretaria JS/A, Nicarágua), Talita Guimarães (Ação Social Franciscana – Sefras, Brasil) e Mercedes Canese (Campanha Itaipu 2023 Causa Nacional, Paraguai)
Mediação: Rosilene Wansetto (JSB, Brasil)

24 de outubro (terça-feira)
9h-10h: Painel “Dívida, dominação e democracia”
Contexto geral da dívida e suas formas de dominação; crise socioecológica e crise política
Painelistas: Blanca Chancosa (Equador), Sandra Quintela (JSB, Brasil) e Kandis Sebro (Sindicato dos Trabalhadores em Campos Petrolíferos, Trinidade e Tobago)
10h15-11h30: Comentários e avaliações do painel inicial
11h30-11h45: Orientação metodológica para trabalhos em grupo

11h45-13h: Primeira parte dos trabalhos em grupo
Grupo 1: Financeirização, crises e endividamento público
– Autoconvocatoria para Suspensão de Pagamento e Investigação de Dívida.
Participação:  Campanha nacional e popular contra a dívida e o FMI (nome a confirmar)
– Megacorporações e mega grupos financeiros. Fraudes geradas pelo setor financeiro privado
Painelista: William Gaviria (Comitê para a Anulação da Dívida do Terceiro Mundo – CADTM, Colômbia)
Mediação: Maria Elena Saludas (CADTM, Argentina)

Grupo 2 – Dívida ecológica e a arquitetura da impunidade
– Estratégia comunitária de gestão florestal e territorial (MCST) para promover a soberania alimentar, povos indígenas, agricultores, pescadores.
Painelista: Johana Peña (CENSAT Agua Viva, Colômbia)
– Experiência em defesa da água: Bacia San Simón no município de Mercedes Umaña
Painelista: Susana Castro (Rede de Ambientalistas Comunitários de El Salvador – Racdes)
– A consulta nacional para deixar o petróleo bruto no subsolo do bloco ITT do Parque Nacional Yasuní desde a perspectiva da dívida ecológica
Painelista: Aurora Donoso (Acción Ecológica, Equador)
– Os Ava Guarani do estado do Paraná, guardiões da água desalojados pela hidrelétrica de Itaipu
Painelista: Juan Cristóbal Martínez (Tekoha Sauce, Paraguai)
Mediação: Vladimir Lima (JS/A, Brasil)

Grupo 3 – A descolonização do poder
– Experiência de Cuba contra o império
Painelista: Julia Fernández (Centro Martin Luther King, Cuba)
– Sistema de poupança comunitária para mulheres que lutam contra a violência
Painelista: Silvia Dominguez (DAUGE, México)
– Povos indígenas e mulheres diversas contra a ditadura no Peru
Painelista: Zenaida Elizabeth Medrano (Marcha Mundial de Mulheres Macro Norte, Peru)
Mediação: Elisiane Jahn (CEAAL, Brasil)

13h-14h30: Almoço
14h30-15h45: Continuação dos trabalhos em grupo
16h-18h: Socialização dos trabalhos em grupo
Mediação: Maria Elena Saludas (CADTM, Argentina), Elisiane Jahn (CEAAL, Brasil) e Vladimir Lima (JS/A, Brasil)

25 de outubro (quarta-feira)
9h-9h20: Mística
9h20-9h50: Devolutiva e balanço dos dias anteriores
Mediação: Rode Murcia (Coordenação Nacional de Mulheres Indígenas e Negras de Honduras – CONAMINH) e Mercedes Canese (Campanha Itaipu 2023 Causa Nacional, Paraguai)

9h50-10h50: Painel “Alternativas, Estratégias e Ações Comuns”
Alternativas, campanhas e iniciativas em curso no nível regional e mundial; cenários de luta e perspectivas futuras
Painelistas: Elisiane Jahn (CEAAL – Brasil), Rodolfo Bejarano (Rede Latinoamericana por Justiça Econômica e Social – Latindadd, Peru), Padre Dário Bosi (Red Iglesias y Minería, Colômbia), representantes da Rede Jubileu Sul/Américas, CADTM e da Alba Movimentos-Assembleia Internacional dos Povos – ALBA/AIP
Mediação: Julia Fernández (Centro Martin Luther King, Cuba)

11h20-12h30: Reflexão coletiva
A partir da tarefa atual e das experiências próprias, refletir sobre as alternativas, lutas e iniciativas apresentadas no painel. 

12h30-14h: Almoço

14h-15h30: Trabalho em grupo “Alternativas, Estratégias e Ações Comuns”
15h30-17h15: Plenária de socialização dos grupos de trabalho temáticos
17h30-18h15: Mesa de encerramento: Rumo à Soberania e ao Bom Viver.
18h15-18h30: Leitura da declaração final da conferência

19h30: Encontro de movimentos sociais em solidariedade ao Haiti
Sindicato dos Jornalistas Profissionais no Estado de São Paulo
Rua Rego Freitas, 530 – Sobreloja – República

SERVIÇO
Conferência Internacional “Soberania Financeira: Dívida, Exploração e Resistências”
23, 24 e 25 de outubro de 2023
São Paulo – SP
Inscrições: https://bit.ly/ConferenciaSoberania2023
Para saber mais: https://jubileosuramericas.net/ e https://jubileusul.org.br/

Agendamento de entrevistas e outras informações:
Comunicação Jubileu Sul Brasil e Jubileu Sul/Américas
Jucelene Rocha – 55 11 98694-1616
Flaviana Serafim – 55 11 98835-4285
Maraegretta García Espinoza – 505 7888 8474

 

Fuente: Jubileu Sul Brasil

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Send this to a friend