Rede Jubileu Sul Brasil e organizações parceiras lançam nova série de podcast

A série “Mulheres em ação” destaca o protagonismo das mulheres na luta por moradia e direitos fundamentais como acesso à cidade, saneamento e segurança alimentar, na perspectiva da reparação das dívidas sociais históricas no Brasil.

Imagem: Divulgação JSB

Por redação | Jubileu Sul Brasil

A série de podcast “Mulheres em ação” dará visibilidade para as lutas territoriais por direitos sociais que estão em curso em cidades de sete estados: Amazonas, Bahia, Ceará, Minas Gerais, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul e São Paulo, sob a perspectiva do protagonismo feminino.

A iniciativa se propõe a dar visibilidade para a questão das dívidas sociais históricas no Brasil e para o fato de que o endividamento financeiro retira direitos básicos da população empobrecida, especialmente das mulheres. A série terá 12 episódios que serão veiculados semanalmente nas redes do Jubileu Sul Brasil e organizações parceiras, a partir de dezembro.

Os episódios destacam como o sistema da dívida interfere no acesso à moradia, uma vez que o orçamento público destina mais de 50% dos recursos financeiros do país para pagamento de juros e amortização da dívida pública, tirando da população pobre, por exemplo, a possibilidade de acesso ao financiamento de casas populares.

A proposta de Orçamento para o ano de 2023, enviada pelo Ministério da Economia ao Congresso Nacional no fim de agosto, prevê R$ 34,1 milhões para o principal programa de construção de moradias populares do atual governo. O valor é 95% menor do que o empenhado em 2022.

A série terá depoimentos das mulheres que vivem nos territórios, além da participação de lideranças e especialistas nas temáticas da moradia, dívida pública e dívidas sociais, como a arquiteta e doutora em urbanismo, Raquel Ludermir; a economista, educadora popular e articuladora da Rede Jubileu Sul Brasil, Sandra Quintela;  a arquiteta e urbanista, com atuação na pauta do direito à cidade, membro da coordenação da Rede Jubileu Sul Brasil, Cláudia Fávaro; a coordenadora da Camtra (Casa da Mulher Trabalhadora), diretora-executiva da Abong (Associação Brasileira de ONGs) e membro da Secretaria Executiva da Plataforma das OSC, Eleutéria Amora; da economista e membro da Rede Feminista de Saúde, Dirlene Marques; de Marcelo Edmundo, membro da Central dos Movimentos Populares e da coordenação da Ação Mulheres por reparação das dívidas sociais, entre outros.

O podcast Mulheres em Ação é uma iniciativa coordenada pela Rede Jubileu Sul Brasil (JSB)6ª Semana Social Brasileira (SSB) e Central de Movimentos Populares (CMP), com objetivo de fortalecer processos e articulações na luta por moradia, além de promover o fortalecimento da organização popular das mulheres e integra as atividades da Ação Mulheres por reparação das dívidas sociais.

Com roteiro e direção de Sonia Bongiovanni, locução de Cleide Barbosa, captação e finalização da Agência Digital Multiverso, o primeiro episódio vai apresentar o tema “Moradia é direito” e será publicado em 6 de dezembro na plataforma Spotify, redes sociais e outras plataformas digitais das organizações parceiras.

Temas por episódio:

#EP1: Moradia é direito

#EP2: Despejo não!

#EP3: As mulheres na luta por moradia

#EP4: Resistir na crise: moradia, renda e comida no prato

#EP5: Função social da propriedade

#EP6: Falta de acesso à moradia agrava vulnerabilidade das mulheres

#EP7: Violência patrimonial, o que é isso?

#EP8: Regularização fundiária: vamos fazer a resistência popular?

#EP9: Orçamento público, moradia e participação social

#EP10: Moradia e o contexto socioeconômica das mulheres

#EP11: Mulheres da luta também precisam de cuidados

#EP12: Crianças na luta por moradia?

As iniciativas da Ação Mulheres por reparação das dívidas sociais contam com apoio do Ministério das Relações Exteriores Alemão, que garantiu ao Instituto de Relações Exteriores (IFA) recursos para implementação do Programa de Financiamentos Zivik (Zivik Funding Program).

As ações também integram o processo de fortalecimento da Rede Jubileu Sul Brasil e das suas organizações membro, contando ainda com apoios da Cafod, DKA, e cofinanciamento da União Europeia.

O conteúdo desta série é de responsabilidade exclusiva da Rede Jubileu Sul Brasil. Não necessariamente representa o ponto de vista dos apoiadores, financiadores e co-financiadores.

 

Fuente: Jubileu Sul Brasil

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Send this to a friend